terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Inesquecível "Francisco Carlos (Carlinhos)"

FRANCISCO CARLOS DA SILVA
"Carlinhos"
05/01/1983- 06/12/2010

Nasceu em um lar humilde, e quando ainda era muito pequeno perdeu seu pai, mas sua mãe com muita força e amor criou seus filhos e entre eles estava o mais jovem de todos, sim era ele FRANCISCO CARLOS DA SILVA, um jovem de uma infância muito difícil, mas ele nunca desistiu dos seus sonhos, sempre buscava algo para seu crescimento profissional, teve seu primeiro emprego como professor de informática na ARS (Associação Recreativa de Solonópole - CE) em seguida trabalhou como funcionário publico na secretaria de saúde em Solonópole, mas uma surpresa ele recebeu, pois o mesmo havia prestado a um concurso para concorrer a uma vaga para ser funcionário do Banco do Brasil  e foi chamado para exercer esta função, onde quando foi assumir teve que ir para longe de sua família e da família de sua esposa, mas conseguiu junto com sua esposa vencer mais esta etapa de sua vida, passando-se dois anos eles retornaram para mais perto da família, foram morar em Jaguaretama – CE e continuou crescendo profissionalmente. Em meio a todo esse crescimento nunca se esquecer da Igreja, aceitou a Jesus ainda criança participava assiduamente dos trabalhos, o tempo passa e o mesmo é separado para exercer o Diaconato na Assembleia de Deus – Templo Central. Trabalhou como superintendente das Escolas Bíblicas, supervisor de Congregação, logo foi consagrado ao presbitério função esta que desempenhou como muito amor e carinho. No ano de 2010 mais precisamente no mês de agosto dia 09 nasce Carlos Eduardo o tão esperado filho que trouxe alegria a todos e principalmente ao casal. A felicidade dos dois era perceptível.  
Temos a certeza de que tudo estar no controle de Deus e a sua palavra nos conforta. Quando lemos o livro do rei Salomão, Eclesiastes ele expressa-se dizendo: TUDO tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu. Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou; Tempo de matar, e tempo de curar; tempo de derrubar, e tempo de edificar; Tempo de chorar, e tempo de rir; tempo de prantear, e tempo de dançar. Mediante as palavras do sábio Salomão este foi o tempo que Deus separou para que o irmão, amigo, companheiro Francisco Carlos (Carlinhos) pudesse estar com Ele. Às 06:00h da manhã do dia 06 de dezembro de 2010 partiu para estar com o Senhor Jesus, deixando esposa, filho, familiares e amigos tristes porém com a certeza de que um dia todos nós nos encontraremos na glória com o nosso DEUS.
Jesus me deu a Sua promessa; Me vem buscar;
Meu coração está com pressa, Eu quero já voar.
Meus pecados foram muitos, Mui culpado sou;
Porém, Seu sangue põe-me limpo; Eu para pátria vou.
HC nº 36

Assembleia de Deus – Templo Central
Solonópole – CE

4 comentários:

  1. É isso... O nosso futuro, nossos caminhos e os fins são decididos por a força maior - o SENHOR!
    Que Deus possa tomar em suas mãos a vida da familia e do filho que este jovem deixou. E que Deus abençoe!!!

    ResponderExcluir
  2. Vamos sentir muita falta dele,afinal Carlinhos era um grande amigo,foi para UMADENO um grande exemplo d homem,de presidente,amigo,conselheiro e acima d td servo do SENHOR JESUS.Nós da familia do Pr:Santino estamos sentindo muito a falta de um grande amigo.Mais nunca diga adeus pois a vida não acaba aqui.ETERNAS SAUDADES CARLINHOS!

    ResponderExcluir
  3. Para sempre em nossos corações!!!

    ResponderExcluir
  4. Muitas pessoas passam em nossas vidas,porém nem todas nos marcam. Falar de Carlinhos é falar de simplicidade, responsabilidade, companheirismo e principalmente amizade. Lembro perfeitamente de cada feição do melhor amigo que já tive em toda a vida, seus conselhos, suas opiniões sinceras, seus olhar e a promessa de que estaria sempre louvando a Deus e que jamais seriam esquecidas aquelas pessoas que com ele trabalhassem pelo reino de Deus. Lembro das mensagens quando mais precisava. Lembro do seu rosto feliz quando visitou-me após uma cirurgia. Lembro que foi em seu ouvido que derramei algumas lamentações. Apesar do esforço para vasculhar minha mente, não consegui me lembrar de uma só vez em que tenha me magoado, não tive tempo para dizer a ele o quanto era importante para mim,contar com a sua amizade. Mas uma coisa sei que hoje ele está com Cristo, fazendo o que mais lhe agradava,LOUVAR A DEUS. SAUDADES.

    ResponderExcluir